Notícias

Venha visitar a XII Aldeia Multiétnica!

12//07/2018 | Por Redação

André Rodrigo Pacheco

Começa neste sábado (14/07) as atividades abertas ao público da XII Aldeia Multiétnica. De 14 a 20 de julho, receberemos etnias indígenas do Brasil e do mundo para  uma grande festa em celebração aos povos originários. Com o tema "Festa das Crianças", receberemos as etnias Krahô (TO), Kayapó Mebengôkré (PA), Fulni-ô (PE), Xavante (MT), Kariri-Xocó (AL), Guarani Mbyá (SP), os povos do Alto Xingu (MT), os Innu e  Atikamekw (Canadá). Cada uma apresentará as festas, costumes, tradições, ritos de passagem e brincadeiras relacionadas à infância, sob a perspectiva de suas culturas.   Para que a visita transcorra seproblemas, seguem algumas orientações importantes:

A VISITAÇÃO

- O horário de visitação da Aldeia Multiétnica é de 14 a 20 de julho, das 14h às18h.

- Se você adquiriu o ingresso pelo site, você deve comparecer na portaria da Aldeia Multiétnica munido do comprovante de pagamento e documento pessoal com foto.

- O ingresso vendido pelo site não inclui o acesso às cachoeiras Almécegas I e II. Caso queira visitá-las, você tem a opção de trocar seu ingresso por outro, no valor de R$ 62,00 (equivalente à visitação da Aldeia + acesso às cachoeiras). Você pode pagar a diferença na Tekoá, nossa agência parceira. Contato: Fernanda (62/9 9852-7183) ou Marcos (62/9 9632-1138). E-mail: info@tekoabrasil.com.

- Comercializaremos os ingressos da Aldeia Multiétnica na portaria pelo valor de R$ 50, mediante lotação. 

- O acesso às cachoeiras é permitido apenas com guia. Uma diária custa em torno de R$ 150, pago à parte diretamente ao profissional (a agência Tekoá recomendará os guias, caso interesse). Este valor pode ser dividido por diferentes pessoas num mesmo grupo (é preciso perguntar ao guia quantas pessoas ele aceita guiar de uma vez).

- Na Aldeia Multiétnica, os indígenas comercializam seus artesanatos. Caso queira comprar peças, programe-se. São poucos os artesãos indígenas que trabalham com cartão.

- O ponto mais próximo da Aldeia para sacar dinheiro é a cidade de Alto Paraíso. A estrutura de bancos no local é precária, portanto, caso venha de outras cidades, prefira sacar em Brasília a quantia necessária para sua viagem.

- Na Aldeia há uma lanchonete que servirá bolos, caldos, tortas salgadas, sucos, café e água, durante todo o horário de visitação.

POLÍTICA DE FOTOS

- É proibido o uso de câmeras profissionais e semi-profissionais na Aldeia Multiétnica. Nossa equipe de comunicação já tem a função de registrar as atividades e faz isso com a autorização dos indígenas, sabendo, inclusive, os momentos que podem ou não ser registrados.

- Em caso de fotos amadoras de dispositivos móveis, atente-se para o nome dos indígenas com quem fala, para a história de sua etnia e local de onde vieram. Não existem rostos sem histórias e um registro solto não os beneficia.

- É terminantemente proibida a reprodução comercial das fotos feitas na Aldeia Multiétnica.

COMO CHEGAR

Para chegar em Alto Paraíso, o melhor acesso é via Brasília. A entrada para a estrada que leva até a Aldeia Multiétnica fica a 5 km de Alto Paraíso: entrada para o Vale Verde, km 159 da GO 118, à esquerda da estrada, na vinda de Brasília. A partir dela, até a Aldeia Multiétnica, serão 14 km de estrada de terra, em boas condições.

Carro | Partindo de Brasília, siga para a saída norte, sentido Planaltina. Dirigindo em frente, cerca de 10 km depois de Planaltina, você deverá pegar uma saída à direita seguindo a indicação de Alto Paraíso. Siga em frente, passando por São Gabriel e São João D’Aliança. A 5 km de Alto Paraíso, fique atento à entrada para o Vale Verde, km 159 da GO 118, à esquerda da estrada. É nessa entrada que você deverá virar. A partir dela, até a Aldeia Multiétnica, serão 14 km de estrada de terra, em boas condições.

Caronas | o sistema de caronas funciona muito bem na região da Chapada dos Veadeiros. Para combinar seu transporte até a Aldeia Multiétnica, entre em contato com os participantes na Central de Caronas – Encontro de Culturas do Facebook.

Ônibus | os ônibus saem de Brasília e param em Alto Paraíso. A companhia é a Real Expresso (telefone 61/ 2106-7100). De Brasília a Alto Paraíso: diariamente, com saídas às 10h e às 21h; de Alto Paraíso a Brasília: diariamente, com saída às 14h45. O valor da passagem é de R$ 46,95. Da rodoviária, você precisará conseguir uma carona ou frete até a Aldeia Multiétnica.

Frete particular | motoristas de confiança realizam o transporte em carros particulares diariamente. Entre em contato para saber sobre a disponibilidade. O valor, por pessoa, gira em torno de R$ 80 (BSB - Alto Paraíso), a negociar (carros com capacidade para quatro passageiros). Negocie o valor de Alto Paraíso até a Aldeia Multiétnica. Sugestões: João Tomé (62/9 9666-1007) e Jamaica (61/9 8238-4027).

Esperamos você!