Vivência com o povo Xavante - Outubro de 2018 na Aldeia Multiétnica

A Vivência

De 11 a 16 de outubro, a Aldeia Multiétnica realiza sua primeira vivência Xavante, com um grupo da Aldeia Ripá (MT). A proposta é transmitir conhecimentos sobre a cultura indígena A’uwe (como os Xavante se autodenominam) associados à biodiversidade do Cerrado nativo, bioma no qual estão inseridas as aldeias desta etnia e a Chapada dos Veadeiros.

Em julho de 2018, os Xavante participaram da XII Aldeia Multiétnica e construíram sua casa tradicional no local. Em outubro, teremos a oportunidade de aprofundar nossos conhecimentos sobre os modos de ser, fazer e pensar deste povo. Entre as atividades estão cantos tradicionais e devocionais, pinturas corporais, corridas com toras de buriti, caminhadas pelo Cerrado em busca de plantas medicinais, contação de histórias antigas ao redor da fogueira, troca de sementes nativas do Cerrado e discussões sobre o sonhar consciente na tradição A’uwe.

Sementes e Sonhos

Para os Xavante, “a vida é feita da mesma matéria dos sonhos”, portanto a estrutura social e as decisões tomadas nas aldeias são fundamentadas nos mesmos. Por meio do sonho, os indígenas desta etnia recebem orientações e mensagens sobre como devem agir e quais decisões tomar. Na vivência, teremos a oportunidade de aprender e trocar experiências sobre a linguagem do sonhar, e também sobre outras particularidades culturais e espirituais do povo Xavante.

Para participar, é preciso aderir a um dos pacotes abaixo. Oferecemos duas opções: pacote camping e pacote hospedaria. Ambos incluem hospedagem + alimentação (café da manhã, almoço e jantar) + toda a programação de atividades da vivência, de 11 a 16 de outubro.

Reserve sua vaga

As vagas são limitadas. Garanta a sua!

Realização: Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge e Centro de Estudos Universais AUM. Apoio: AIRE